São Paulo age nos bastidores e dá super reforço para Carpini

O Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo aceitou uma solicitação do SPFC em relação ao julgamento do zagueiro Arboleda, que estava originalmente marcado para esta terça-feira (27), às 17h, justamente no horário da viagem da delegação para Brasília. O Tricolor entra em campo às 21h35 desta quarta para duelar com a Inter de Limeira, pelo Campeonato Paulista.

O equatoriano seria julgado após expulsão na partida contra o Red Bull Bragantino, realizada no último dia 17, no MorumBis. Na ocasião, cometeu uma falta em Talisson, lance que foi ignorado pelo  árbitro Vinícius Gonçalves Dias de Araújo. Após a revisão do VAR, foi expulso de campo. Clique aqui para ver o lance.

Arboleda acabou sendo enquadrado no artigo 250 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que diz sobre “ato desleal ou hostil durante a partida, prova ou equivalente”. Caso fosse considerado culpado, poderia pegar um gancho de um a três partidas. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ele não foi relacionado e sequer viajou à Campinas no empate em 1 a 1 contra o Guarani, no Brinco de Ouro da Princesa, também pela fase de grupos do Paulistão.

Arboleda está liberado contra a Inter de Limeira

De acordo com informações divulgadas pelo portal Globo Esporte, o departamento jurídico do clube está otimista em relação ao caso, e a tendência é que o equatoriano receba a punição mínima. 

Contudo, o São Paulo não queria dar chance ao azar, e quis contar com o atleta junto a delegação em Brasília. O zagueiro está liberado para entrar em campo contra a Inter de Limeira, e deve ser titular.