Zubeldia ganha “presente” inesperado para melhorar o São Paulo

Nesta quinta-feira (16), o São Paulo empatou sem gols diante do Barcelona de Guayaquil, no Morumbis, pela penúltima rodada da fase de grupos da Libertadores da América. O Tricolor fez, possivelmente, sua pior partida sob o comando do novo técnico Luis Zubeldía, que ainda está invicto no comando do time.

Apesar do empate, a boa notícia é que o São Paulo terá mais tempo para treinar, um problema que o treinador argentino bateu na tecla logo em sua apresentação. Isso por conta da paralisação geral do Campeonato Brasileiro pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) por conta das enchentes no Rio Grande do Sul.

O Tricolor voltaria a campo na próxima segunda-feira (20), diante do Cruzeiro, no Morumbis, pelo Campeonato Brasileiro. Contudo, a partida foi adiada e ainda não tem uma data marcada para acontecer, logo, o elenco terá uma semana para treinar até a próxima partida.

Os comandados de Zubeldía voltam a campo somente na quinta (23), contra o Águia de Marabá, às 21h30, no Morumbis, pela partida de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Vale lembrar que o SPFC venceu por 3 a 1 na ida, em Belém (PA).

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Zubeldía prevê dificuldades com equipes que atuam mais ‘fechadas’

Depois do empate sem gols diante do Barcelona, Luis Zubeldía comentou sobre a atitude da equipe equatoriana, que entrou para “segurar” o jogo. Em meio a isso, o treinador argentino demonstrou preocupação para o futuro, já que o Tricolor certamente enfrentará outros adversários que apostam neste estilo de jogo.

“Acho que a partida de hoje é uma amostra para entendermos que daqui até o final os times vão tratar de jogar assim, fechados. Se não estivermos finos na conexão, teremos dificuldades. Jogo de Libertadores e Sul-Americana é um processo em que você vai enfrentar times difíceis. Às vezes, como hoje, montam uma marcação para não te dar chances por dentro, só por fora. Te param com falta”, disse o técnico.