Zagueiro do Palmeiras não mede palavras sobre Calleri

Cria do modesto All Boys, o atacante Jonathan Calleri chamou a atenção do futebol sul-americano ao brilhar com a camisa do gigante Boca Juniors em 2015. Com incríveis 23 gols marcados em apenas 59 partidas, o jogador se tornou o reforço mais badalado do São Paulo para o ano seguinte e não demorou a engrenar no Morumbi.

Em apenas um semestre vestindo as cores do Tricolor, Calleri acumulou 16 gols e três assistências em 31 jogos, levando o clube a disputar uma semifinal de Copa Libertadores após seis anos. O extremo sucesso fez com que o atacante se transferisse para a Europa, onde defenderia equipes como West Ham e Espanyol.

De volta ao São Paulo em 2021, o argentino se tornou ídolo com os inéditos títulos da Copa do Brasil de 2023 e da Supercopa Rei de 2024. Querido por muitos são-paulinos, Calleri tem encontrado elogios até em rivais. Convocado para a Seleção Brasileira, o zagueiro Murilo, do Palmeiras, definiu o argentino como o “mais chato” de marcar.

“Os três atacantes mais difíceis de marcar no futebol brasileiro são Calleri, Hulk e Pedro. Desses, o mais chato é o Calleri, sem dúvidas, e o mais difícil é o Pedro”, disse o defensor palmeirense em entrevista ao jornalista André Hernan.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Calleri está em seleta lista do São Paulo

Grande artilheiro do São Paulo em 2022, com 27 gols anotados, e vice-artilheiro na última temporada, com 14, o atacante Jonathan Calleri, bastante elogiado por Murilo, continua fazendo história pelo Tricolor. Já somando três gols em 2024, ele é o quinto maior artilheiro do clube neste século e já mira ultrapassar França no ranking.

Com duas passagens pelo Morumbi, Calleri tem 65 gols marcados pelo São Paulo e só é superado na lista por Luís Fabiano (212), Rogério Ceni (112), Luciano (70) e França (69). O top-10 ainda conta com Dagoberto (61), Hernanes (56), Borges (54), Kaká (51) e Pato (49).

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.