Xodó de Rogério Ceni quebrou a cara em ida pra Europa e busca novo time

Criado e formado nas categorias de base de Cotia e considerado “xodó” de Rogério Ceni pela torcida, o volante Araruna vive um drama em sua carreira. Isso porque a última vez que entrou em campo foi no dia 8 de janeiro de 2022, defendendo as cores do Reading, da Inglaterra.

O jogador foi contratado pelo Fortaleza em 2019 a pedido de Ceni, e se transferiu para o futebol inglês. Entretanto, começou a sofrer lesões muito sérias, algo que atrapalhou o crescimento de sua carreira. Ele está sem contrato desde setembro de 2022.

“Meus últimos anos de contrato na Inglaterra foram complicados pelo fato de eu ter duas lesões sérias de joelho que me levaram a passar por cirurgia nos dois casos e me tirou muito tempo de campo. Hoje estou livre no mercado, meu contrato acabou em setembro de 2022, mas fiquei até terminar o tratamento da minha lesão. Ainda estou fazendo processo de fisioterapia e alguns testes”, iniciou, em entrevista ao UOL.

O grande problema é que Araruna só disputou 10 partidas em três anos pelo Reading por conta das lesões graves. Apesar das adversidades, o jogador está bem financeiramente e tem esperanças de retornar a atuar em alto nível, já que segundo ele, está com a “cabeça muito boa”

“Sempre tive a cabeça muito boa em relação a alocar meu dinheiro e construir uma carteira de investimento que pudesse me sustentar em qualquer momento da minha vida. Sempre gostei do mercado financeiro e investimentos. Dedicava parte do meu tempo estudando isso. Além de sempre ter pessoas ao meu lado que me ajudavam e incentivavam nisso”, continuou.

Futuro de Araruna

Sem jogar há dois anos, Araruna visa um recomeço no futebol. Depois de passar por São Paulo e Fortaleza, o atleta espera retornar ao esporte o mais breve possível. Ele se recupera no Brasil e já recebeu algumas ofertas anteriormente. Apesar disso, mantém o desejo de atuar na Europa.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Tive algumas ofertas, mas ainda estava em processo de recuperação. Minha última cirurgia foi no final de dezembro de 2022 (ligamento cruzado anterior + sutura menisco). Voltei para o Brasil e faço minha recuperação por aqui com pessoas em que confio e conhecem muito bem meu corpo”, disse, antes de completar sobre seu futuro:

“Sempre tive o sonho de atuar fora do Brasil, e depois da experiência na Inglaterra, acho que meu futebol se encaixa mais fora do Brasil do que aqui. E minha preferência continua sendo exterior. Acho que existem clubes em que meu perfil encaixaria mais, e depois de alguns problemas cirúrgicos, apesar de estar bem, é necessário um olhar específico e um trabalho com paciência para essa volta”, finalizou.