Welington manda recado a direção sobre renovação com o São Paulo

Criado e formado nas categorias de base do São Paulo, o lateral-esquerdo Welington voltou a titularidade após a saída de Caio Paulista. Contudo, o atleta tem futuro indefinido, já que seu contrato é válido somente até o final do ano. Ou seja, ele pode assinar um pré-acordo com qualquer clube interessado a partir de julho, deixando o Tricolor a custo zero em janeiro.

A diretoria já enviou uma proposta para a extensão do vínculo, mas não agradou o staff do jogador.  Em meio a isso, ele concedeu uma entrevista ao portal UOL Esporte, na qual disse que quer ser valorizado pelo clube, ou seja, quer um aumento de seus vencimentos mensais, Ele desperta interesse do Internacional e Botafogo.

“Espero que seja uma proposta daquilo que eu estou merecendo. Já faz três anos que estou no profissional fazendo bons jogos. É tudo merecimento. Espero que entrem em acordo e o que for para ser, será”, iniciou o jogador.

O atleta revela que seu destino está nas mãos de seu empresário e também da diretoria do Tricolor, que pode aumentar a proposta a qualquer momento. Vale lembrar que ele esteve muito perto de ser vendido ao CSKA Moscou, da Rússia, ainda no ano passado, mas o negócio não avançou por conta do fechamento da janela.

“Tá na mão dos meus empresários e da diretoria. Estão conversando. Espero que dê tudo certo. É um clube que eu amo. Temos que ver propostas com bons olhos. É um reconhecimento do trabalho que está sendo feito. Acho que não era para ser naquele momento. Fiquei, fui campeão da Copa do Brasil e da Supercopa. Tudo tem seu tempo. Enquanto eu estiver no São Paulo, vou procurar dar meu melhor”, completou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Lateral diz que quer seguir no Tricolor

Apesar das declarações polêmicas, Welington garante que seu desejo é de continuar no São Paulo, clube que defende desde a base. Ele vem recebendo diversas mensagem de torcedores pedindo para que ele fique no Morumbis.

“Torcida sempre me acolheu. Apesar de no futebol ser inevitável sempre haver críticas. Um jogo você joga bem, outro não vai tão bem e vem a crítica. Esse reconhecimento é importante para mim. Estou fazendo bons jogos e ter esse carinho me dá mais motivação”, comentou.