Você Sabia? São Paulo de Muricy tem marca que não foi batida em 15 anos

0

Treinador do São Paulo por três oportunidades, o ex-técnico Muricy Ramalho tem um lugar especial no coração dos torcedores são-paulinos. Muricy, que iniciou sua carreira de treinador no clube mexicano Puebla em 1993, se mudou logo depois para ser auxiliar técnico de Telê Santana no Tricolor.

Entre 1994 e 1997, Muricy comandou as equipes reserva e de juniores do clube, conquistando títulos como a Copa Conmebol de 1994 e chegou a comandar a equipe profissional por seis meses depois que Telê teve de se aposentar por um problema de saúde.

Apesar do título internacional, foi a sua segunda passagem pelo Morumbi que marcou seu nome na história. Tricampeão brasileiro entre 2006 e 2008, Muricy montou um elenco imbatível para a época e capaz de quebrar recordes e mais recordes do Brasileirão. Uma dessas marcas ainda não foi batida nos últimos 15 anos.

O time campeão em 2007, além de obter o recorde de defesa menos vazada do torneio com apenas 19 gols sofridos, ostenta o topo do ranking de mais jogos consecutivos sem levar gols pelo Campeonato Brasileiro na era dos pontos corridos. A defesa do Tricolor, comandada pelo ídolo Rogério Ceni, segurou os ataques de Grêmio, Botafogo, Atlhetico-PR, Goiás, Náutico, Palmeiras, Paraná, Atlético-MG e Vasco entre a 17ª e a 25ª rodada. A sequência só chegou ao fim na vitória por 2 a 1 sobre o Santos.

Os nove jogos em sequência levaram Rogério Ceni ao incrível número de 988 minutos sem sofrer gols.

Mais jogos consecutivos sem levar gol no Brasileirão na era dos pontos corridos (2003-2022):

9 – São Paulo (2007)
8 – Internacional (2006) e Grêmio (2014)
7 – Vasco (2012), Corinthians (2017) e Internacional (2018)
6 – Flamengo (2009), Ceará (2010), Palmeiras (2018 e 2022), Santos (2018) e Athletico-PR (2019)

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino e siga o melhor site sobre o Tricolor no Instagram.

- Publicidade -