Vítor Pereira chama cria do São Paulo de covarde e dispara pra todo lado

Persona non grata por torcedores de Corinthians e Flamengo, o técnico Vítor Pereira, de 55 anos, voltou a ser assunto na imprensa esportiva brasileira nesta semana. Dono de polêmicas passagens pelos clubes de maiores torcidas do país, o português chamou o ex-lateral Fábio Santos, cria do São Paulo, de “covarde”.

Tudo graças a uma fala do agora ex-jogador durante entrevista à ESPN. Em um bate-papo para lá de descontraído, onde chegou a revelar que o argentino Jorge Sampaoli sequer lhe dava bom dia em seus tempos de Atlético-MG, Fábio Santos afirmou que Vítor Pereira “não era um bom gestor” de elenco no Corinthians.

Vitor Pereira
Vítor Pereira durante clássico entre Corinthians e São Paulo. Foto: Divulgação SCCP.

A afirmação causou revolta no português, que retrucou em entrevista ao jornal “Record”: “Andou oito meses sorrindo para mim e para minha comissão técnica e vem agora, após esse tempo todo, dar essa entrevista covarde. Porque, lamento dizer isso, só de um covarde pode se esperar esse tipo de entrevista”.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Vítor Pereira ainda concluiu: “Parece que já é algo normal para esse senhor vir criticar treinadores. Não sei qual o seu objetivo de vir falar agora, mas certamente não será colocando em causa o meu nome e profissionalismo que vai conseguir dar o próximo passo na sua carreira. É hora de deixar de falar do meu nome”.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.