Vidente não perde tempo e já adianta quem passa de São Paulo x Nacional

Tricampeão da Copa Libertadores da América, com as conquistas de 1992, 1993 e 2005, o São Paulo manteve vivo o sonho de alcançar seu quarto troféu do torneio ao encerrar a fase de grupos na primeira colocação de sua chave. Nesta segunda-feira (03), o Tricolor enfim conheceu o seu próximo adversário na competição.

Em sorteio realizado na cidade de Luque, no Paraguai, a Conmebol definiu que o tradicional Nacional, do Uruguai, estará no caminho são-paulino por uma vaga nas quartas de final. Os times voltam a se enfrentar após longos 16 anos. Na edição de 2008, melhor para o Tricolor: vitória por 2 a 0 no placar agregado também nas oitavas.

Agora, segundo a taróloga Mariana Fonseca, do canal MF Tarot, o São Paulo tende a novamente superar os uruguaios. Nas cartas, a profissional afirmou que o time comandado pelo técnico Luis Zubeldía apresentará inteligência, pé no chão e frieza. Enquanto isso, o Nacional chegará para o confronto com “questões a resolver”.

“As cartas apontam instabilidade para o time do Nacional. Vai tentar avançar, mas corre um grande risco de eliminação. Já o São Paulo virá com muita inteligência e sabedoria em busca desse avanço. Além disso, mostra um domínio no duelo. A energia, então, mostra uma tendência de que o São Paulo irá se classificar”, disse.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

São Paulo jamais perdeu para rival uruguaio

Sonhando com o tetracampeonato da Copa Libertadores da América, o São Paulo encerrou a fase de grupos com a liderança do Grupo B após alcançar quatro vitórias, um empate e apenas uma derrota na competição. Nesta segunda-feira (03), o time comandado pelo técnico Luis Zubeldía conheceu o seu próximo adversário.

E, no que depender dos números alcançados no histórico do confronto, o Tricolor já pode celebrar uma vaga nas quartas de final. Isto porque o Nacional, tradicional clube do Uruguai sorteado para enfrentar o São Paulo nos dias 14 e 21 de agosto, jamais venceu o Soberano na história: são três derrotas e um empate até aqui.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.