Vazou agora (20): presente de Natal é confirmado no São Paulo

Após o final da temporada, a diretoria do São Paulo se reuniu com a comissão técnica de Dorival Júnior para analisar possíveis mudanças no elenco, tendo em vista a abertura da janela de transferências.

Além de alguns nomes sugeridos, ambas as partes chegaram ao consenso que o principal objetivo do Tricolor era conseguir com que Lucas Moura renovasse seu contrato. O camisa 7 retornou ao Morumbi em agosto e assinou até o final de dezembro. 

Inicialmente, estava previsto que ele defenderia o clube do coração na reta final da temporada. Posteriormente,  assinaria com algum clube do exterior após o final do período, aproveitando a idade (apenas 31 anos) para garantir o último contrato vantajoso no âmbito financeiro de sua carreira. 

De fato ele chegou a ser procurado por clubes do exterior, em especial dos Estados Unidos, México e Inglaterra. Contudo, com todo o carinho da torcida e a conquista inédita da Copa do Brasil, ele optou por ficar.Lucas Moura aceitou a proposta de renovação de contrato oferecida nesta terça-feira (19), e continuará sua história no Morumbi.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Para melhorar ainda mais a situação, a torcida tricolor ganhou um verdadeiro presente de Natal. Segundo informações divulgadas pelo jornalista Gabriel Sá, o São Paulo planeja anunciar a renovação do craque na véspera do feriado, no dia 24.

Tricolor fez de tudo para renovar com Lucas

A diretoria fez de tudo e mais um pouco para garantir a manutenção do principal jogador do clube. Lucas queria um bom projeto esportivo, além da garantia de uma equipe forte para disputar títulos.Ele foi o responsável pela indicação do volante Luiz Gustavo, que foi contratado pelo SPFC recentemente. O atleta tem passagem pelo Bayern de Munique, um dos principais clubes de todo o mundo, além da Seleção Brasileira, chegando a ser titular da Amarelinha.

Junto a isso, será a primeira vez que Lucas jogará  uma Libertadores pelo São Paulo. Apesar de ter conquistado a Copa Sul-Americana em 2012, ele foi vendido ao Paris Saint-Germain no final daquele ano e não disputou o torneio mais importante do continente em 2013.