Urgente: Dorival vira ficha 1 para assumir a Seleção Brasileira

No cenário esportivo brasileiro, uma recente decisão do STF recolocou Ednaldo Rodrigues na presidência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Em meio a esse retorno, Rodrigues já delineia as primeiras metas para sua gestão, cuja principal é a eleição de uma comissão técnica definitiva para a seleção brasileira.

Atualmente, o técnico da seleção é Fernando Diniz que, além de comandar a equipe nacional, também é o treinador do Fluminense. Contudo, seu contrato com a CBF se encerra em junho de 2024 e, considerando o interesse do clube tricolor em mantê-lo, surge um questionamento sobre quem assumirá o comando da seleção.

De acordo com informações do portal “ge”, os nomes considerados por Ednaldo Rodrigues para assumir o posto de técnico e coordenador da seleção são Dorival Júnior, atualmente no São Paulo, e Filipe Luís, ex-jogador que se aposentou do futebol profissional pelo Flamengo em 2023. A decisão final, entretanto, ainda não foi tomada.

Vale lembrar que a ideia inicial era trazer Carlo Ancelotti para o comando da seleção, porém, essa opção foi descartada após a renovação de Ancelotti com o Real Madrid.

As próximas metas de Ednaldo Rodrigues

Além de definir a questão da comissão técnica da seleção principal, Rodrigues pretende inscrever a seleção brasileira no torneio pré-olímpico, conforme declarou em entrevista à revista Veja.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Outro assunto mencionado pelo presidente da CBF é o fato de que a Copa América será disputada durante o Campeonato Brasileiro, o que resultará em clubes desfalcados por nove rodadas – um inconveniente a mais para a atual dupla função de Diniz.

Apesar do retorno à CBF, Rodrigues confirmou em entrevista à “Veja” que sua esposa está hospitalizada e que manterá a decisão de não se candidatar novamente à presidência da entidade em 2025.