Urgente: defesa de Daniel Alves paga a fiança

Nesta segunda-feira (25), Daniel Alves fez o pagamento da fiança avaliada em 1 milhão de euros ( cerca de R$ 5,4 milhões na cotação atual), e foi liberado para deixar o Centro Penitenciário Brians II. A informação foi divulgada pelo jornal espanhol La Vanguardia.

O brasileiro se encontrava preso no local desde janeiro do ano passado, acusado e agora condenado por ter estuprado uma mulher em uma boate em Barcelona, ainda no final de dezembro de 2022.

O ex-lateral foi julgado há um mês pela Justiça da Espanha e condenado a quatro anos e seis meses de prisão. Tanto sua advogada quanto a defesa da vítima recorreram contra a sentença. Ele continua afirmando que é inocente.

Na última semana, a Justiça aceitou o pedido de liberdade condicional de Daniel. Ele poderá aguardar o novo julgamento dos recursos livre da prisão, mas claro, sendo acompanhado diariamente.

“A comitiva de Dani Alves demorou cinco dias para arrecadar o milhão de euros que o Tribunal de Barcelona lhe impôs como fiança para ser libertado. Depois de um fim de semana de intensos encontros presenciais e telefônicos, a defesa do jogador (…) conseguiu finalmente depositar o dinheiro nesta segunda-feira numa conta do tribunal que o condenou”, divulgou o jornal.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Daniel terá que cumprir algumas regras

De acordo com o Vanguardia, Daniel Alves estava esperando a ajuda da família de Neymar para realizar o pagamento. Diante disso, o brasileiro precisou recorrer a outras maneiras para efetuar o pagamento da fiança.

Ele terá que se apresentar semanalmente ao Tribunal de Barcelona, e não pode ficar a menos de um quilômetro da vítima. Junto a isso, teve seus passaportes apreendidos pelas autoridades, já que havia um grande risco de fuga ao Brasil, país que não permite a extradição de condenados em outros países.