Urgente: Daniel Alves acaba de ser convocado nesta quarta-feira (21)

Preso de maneira prveentiva há um ano apó acusação de estupro, o futuro de Daniel ALves está cada vez mais próximo de ser decidido. Nesta quarta-feira (21), o jornal catalão  “La Vanguardia” publicou que o brasileiro foi convocado pela juíza responsável por seu caso para marcar presença em um tribunal de Barcelona, nesta quinta (22).

Além do jogador, outras pessoas envolvidas no caso também foram chamadas, como a promotora Elizabeth Jiménez; a promotora e advogada da vítima, Ester García, além da advogada de defesa do brasileiro, Inés Guardiola.

De acordo com informações divulgadas pelo portal G1, a provável data da sentença de Daniel Alves é dia 7 de março. Contudo, existe a possibilidade da juíza Isabel Delgado já ter batido o martelo sobre o caso.

Daniel Alves foi julgado após ser acusado de estupro contra uma ,uçher de 23 anos na boate Sutton, em Barcelona. O crime teria sido cometido ainda em dezembro de 2022. Seu julgamento durou três dias e se encerrou no último dia 7 de fevereiro, data de seu último depoimento.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Na ocasião, ele acabou chorando enquanto relatava o ocorrido, e novamente negou que tenha praticado agressão sexual. Ele e sua defesa alegam que a relação em questão foi consensual,  que ele estava embriagado.

A defesa do brasleiro já pediu sua liberdade condicional em algumas ocasiões, algo que foi negado em todas as oportunidades pelas autoridades espanholas. Enquanto a defesa da vítima pede 12 anos de prisão a Daniel (pena máxima permitida na Espanha pelo crime), o Ministério Público solicitou nove.

No total, 28 testemunhas, que foram indicadas pela defesa e acusação, foram chamadas pela Justiça da Espanha para prestar depoimentos. Uma delas foi a mãe de Daniel, Lucia Alves, que segundo o G1, foi a primeira a falar com as autoridades.