Última partida do São Paulo na Venezuela contou com gol de Ganso

Depois de bater o Vasco da Gama pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro, o São Paulo volta às suas atenções para a Copa Sul-Americana. Atual líder do Grupo D e sonhando com o bicampeonato da competição, Dorival Jr. e seus comandados enfrentarão o Puerto Cabello, da Venezuela, às 21h30 (de Brasília) desta terça-feira (23).

O duelo, que pode sacramentar a classificação são-paulina para a próxima fase, também marcará a volta do Tricolor ao país sul-americano após longos sete anos. Em março de 2016, o São Paulo foi até à Venezuela enfrentar o Trujillanos pela fase de grupos da Copa Libertadores e voltou com um empate por 1 a 1.

O atacante Rojas marcou para os venezuelanos aos 36 do primeiro tempo. Porém, apenas dois minutos depois, o meia Paulo Henrique Ganso empatou a partida com um belo chute da entrada da área. Relembre:

Com o ponto conquistado fora de casa, o São Paulo alcançou o segundo lugar do Grupo A com nove pontos conquistados, dois a menos que o líder River Plate. Classificado para o mata-mata, o Tricolor, então comandado por Edgardo Bauza, chegaria até as semifinais. Com duas derrotas, o time pararia no Atlético Nacional, da Colômbia.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

São Paulo jamais perdeu partidas oficiais na Venezuela

Buscando a terceira vitória dentro da chave, após bater Tigre e o próprio Puerto Cabello nas três primeiras rodadas, o Tricolor conta com um invejável histórico contra clubes do país vizinho em jogos oficiais. Ao todo, são seis vitórias e um empate contra clubes venezuelanos, com 20 gols marcados e apenas três gols sofridos.

Esta será a quarta visita oficial do São Paulo em jogos na Venezuela. Antes, o clube bateu Deportivo Táchira e Caracas por 4 a 1 e 2 a 1, respectivamente, além de empatar por 1 a 1 com o Trujillanos. Todos os duelos foram válidos pela Copa Libertadores da América.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.