Trouxe jogador para o São Paulo e acabou pulando da barca

Enfim conquistando a primeira Copa do Brasil de sua história em 2023 e iniciando a atual temporada já sonhando com o tetracampeonato da Copa Libertadores da América, o São Paulo foi ao mercado de transferências e acertou a contratação de um antigo sonho do clube: a chegada do atacante Ferreirinha, cria do Grêmio.

Alvo são-paulino em outras oportunidades, o jogador custou R$ 22 milhões aos cofres do Morumbi e chegou com pompas no elenco então comandado pelo técnico Dorival Jr., grande incentivador de sua contratação. O próprio Ferreirinha afirmou que a presença do treinador nas conversas o convenceu a trocar de clube.

“Em um jogo contra o São Paulo, o Rafinha chegou em mim e o Alisson falou que o Dorival me queria. Perguntou se eu tinha interesse, nesse jogo eu nem entrei. Aí fiquei feliz já porque era time de infância, meu pai também já ficou muito feliz. Durante o ano foi amadurecendo e o Grêmio também não me procurava”, disse.

Ironicamente, Dorival deixaria o comando técnico do São Paulo poucos dias após a chegada de Ferreirinha. Procurado pela CBF para substituir o interino Fernando Diniz na Seleção Brasileira, Dorival topou a aventura e, desde janeiro, é o técnico da Canarinho.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ex-São Paulo buscará título com Seleção

Principal incentivador da contratação de Ferreirinha, Dorival Jr. terá seu primeiro grande teste à frente da Seleção Brasileira neste mês. No próximo dia 24, a equipe iniciará a busca pelo 10º título da Copa América, torneio que será disputado nos Estados Unidos.

Presente no Grupo D da competição, o Brasil enfrentará Costa Rica, Paraguai e Colômbia na primeira fase. Antes, no entanto, ainda enfrentará os Estados Unidos em amistoso preparatório na Flórida. Até aqui, Dorival soma uma vitória e um empate na Seleção.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.