Tricolor pressiona o Chelsea por Thiago Silva e agora zagueiro comentou em post de Lucas Moira

Aproveitando o período de treinamentos de preparação para a estreia na Libertadores da América, Lucas Moura postou uma foto junto ao capitão Rafinha, um dos jogadores mais experientes de todo o elenco. “Prazer enorme de dividir o campo com você, capita. Muito respeito e admiração pela sua história”, escreveu o camisa 7.

Além da enorme quantidade de comentários de torcedores são-paulinos, uma mensagem em especial chamou a atenção. Isso porque o zagueiro Thiago Silva, que atualmente defende o Chelsea, da Inglaterra, escreveu: “Minha dupla”.

Foi o suficiente para agitar os tricolores, que já foram às redes sociais do defensor pedindo para que ele se junte à equipe comandada pelo técnico Thiago Carpini. Vale destacar que ele tem contrato até o final de junho com o Chelsea, e não deve renová-lo, ou seja, ficará livre no mercado para assinar com qualquer clube interessado. 

Thiago é visto como a contratação ideal para reforçar a defesa são-paulina, que perdeu o jovem Lucas Beraldo nesta temporada, já que foi vendido ao Paris Saint-Germain, da França. O brasileiro faria uma dupla de zaga com Arboleda, podendo ser decisivo na disputa pela Libertadores.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fluminense é o favorito a na disputa

Apesar do apelo dos são-paulinos, o Fluminense é o grande favorito para contar com os serviços de Thiago Silva, O atleta foi revelado nas Laranjeiras, e nunca escondeu seu desejo em voltar ao time carioca. O próprio presidente Mario Bittencourt falou abertamente sobre a possiblidade de retorno.

“Sou muito amigo do Thiago (Silva), converso com ele sobre vários assuntos e não só sobre a vinda ao Fluminense. Neste momento, não temos nada, mas temos um enorme desejo para que ele volte para casa. Eu creio que, no Brasil, a vontade dele seja de jogar no Fluminense. Assim que ele estiver liberado no Chelsea, voltamos à carga. E ele vai nos ajudar nesse ano tão importante” disse o mandatário, em entrevista ao Globo Esporte.