Tricolor não tem aguentado a pressão final no Brasileirão 2022

0

Os últimos tropeços do Tricolor no Campeonato Brasileiro podem ter uma explicação nos números. O time não tem aguentado a pressão final das partidas e vem sofrendo mais gols no fim da segunda etapa de cada confronto. Dos 11 gols sofridos pelo São Paulo até então, seis foram marcados nos 45 minutos derradeiros (54,5%) e cinco no primeiro tempo (45,5%). Os dados são de Guilherme Marçal, do Espião Estatístico.

Os números pioram om relação as últimas rodadas da competição. Nos empates contra Avaí, Ceará e Corinthians, o Tricolor sofreu gols no segundo tempo que tiraram a chance de vitória e deixaram seis pontos pelo caminho. Pontos esses que colocariam o São Paulo na liderança isolada do campeonato.

A situação causou incômodo após a última partida contra o Avaí, na Ressacada, e foi tema na coletiva de Rogério Ceni: “É um bloqueio que nós temos na hora de matar o jogo, de definir a partida. No últimos jogos, nós não estamos conseguindo”, refletiu.

Gols sofridos no fim são novidade para o Tricolor

Quando se trata de toda a temporada de 2022, os números de gols sofridos pelo São Paulo se inverte. Dos 33 gols concedidos no ano, 15 aconteceram na parte final dos jogos (45,5%) e 18 (54,5%) aconteceram no primeiro tempo.

O time volta a campo nesta quinta-feira, às 20h, para enfrentar o Coritiba, no Couto Pereira, pela décima rodada.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino e siga o melhor site sobre o Tricolor no Instagram.

- Publicidade -