Tricolor: Ceni surpreende e tem mais gols de falta que Messi e CR7

0

Considerados por muitos como o maior ídolo da história do Tricolor Paulista, o atual técnico e ex-goleiro do clube possui uma marca impressionante em sua carreira: foram 130 gols em 25 anos de carreira. Os números são ainda mais impressionantes quando se trata das cobranças de falta, uma das grandes especialidades de Ceni: 61 gols. Número superior, por exemplo, aos de Messi e Cristiano Ronaldo, que possuem 58 gols cada.

Rogério começou a bater faltas pelo São Paulo em 1997, ano em que anotou o seu primeiro gol oficial em partida contra o União São João, válida pelo Campeonato Paulista. O seu primeiro gol internacional também foi em cobrança de falta, na goleada por 4 a 1 sobre o San Lorenzo na Copa Mercosul de 1999.

O ex-goleiro marcou gols de falta por 19 temporadas seguidas, sendo o ano de 2005 com o maior número de bolas que encontraram as redes adversárias: foram 10 gols. No dia 27 de março de 2011, em partida contra o rival Corinthians, Rogério marcou seu 100º gol na carreira em uma cobrança de falta perfeita na vitória por 2 a 1.

Ceni chegou a ser proibido de bater faltas no Tricolor

Na temporada de 1998, Ceni foi proibido de bater faltas pelo técnico Mário Sérgio. Na época, Mário disse em entrevista que bater faltas “não era mais a função dele” e que priorizava o desempenho do arqueiro embaixo das traves. Para alegria de Rogério e da torcida Tricolor, a passagem do técnico durou poucos jogos e o goleiro teve a chance de voltar a cobrar faltas.

Seu último gol profissional foi na vitória por 3 a 0 sobre o Ceará pela Copa do Brasil de 2015, no Castelão.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino e siga o melhor site sobre o Tricolor no Instagram.

- Publicidade -