Tricolor celebrou 30 anos do seu primeiro título da Libertadores nesta semana

0

O dia 17 de junho têm um lugar reservado no coração do torcedor são-paulino. Foi neste dia, há 30 anos, que o Tricolor conquistou a sua primeira Copa Libertadores da América. E o São Paulo, obviamente, relembrou a conquista nesta última sexta-feira, aniversário da grande final contra o Newell’s Old Boys em seu site oficial: “Há exatamente 30 anos, o São Paulo venceu e comemorou o primeiro dos três títulos de Copa Libertadores da América que possui, feito que abriu o caminho para muitas outras conquistas na Era Telê Santana”, publicou.

Longe da maior competição das Américas havia cinco anos, o Tricolor estreou com um inesperado tropeço por 3 a 0 frente ao Criciúma, em Santa Catarina. A derrota ligou o alerta e o time ficaria dez jogos invictos no torneio, passando pelos catarinenses e pelos bolivianos San José e Bolívar na fase de grupos. Nas oitavas, duas vitórias contra o Nacional, do Uruguai.

As quartas reservaram um novo duelo equilibradíssimo com o Criciúma, campeão da Copa do Brasil de 1991, com uma vitória pelo placar mínimo no Morumbi e um empate por 1 a 1 em Criciúma. Na semifinal, mais um confronto equilibrado: vitória por 3 a 0 sobre o Barcelona, do Equador, na ida e derrota por 2 a 0 na volta.

No caminho para a taça estava os argentinos do Newell’s Old Boys, atuais campeões nacionais de seu país, que acabaram vencendo a partida de ida na Argentina por 1 a 0. O resultado obrigou os comandados de Telê Santana a reverterem o placar. Em um jogo truncado, o São Paulo só foi abrir o placar aos 22 minutos do segundo tempo com o ídolo Raí. O 1 a 0 levou a decisão para as penalidades máximas.

Na marca fatal, foi a vez de Zetti gravar seu nome na história ao defender a cobrança de Gamboa. Festa no Morumbi. O São Paulo acabava de se tornar campeão da América.

A defesa de Zetti no pênalti cobrado por Gamboa

A campanha do Tricolor na Libertadores de 1992:

Primeira Fase:
06.03 – 0 x 3 – Criciúma (SC)
17.03 – 3 x 0 – San Jose (Bolívia)
20.03 – 1 x 1 – Bolívar (Bolívia)
01.04 – 4 x 0 – Criciúma (SC)
07.04 – 1 x 1 – San Jose (Bolívia)
14.04 – 2 x 0 – Bolívar (Bolívia)

Oitavas-de-Final
28.04 – 1 x 0 – Nacional (Uruguai)
06.05 – 2 x 0 – Nacional (Uruguai)

Quartas-de-Final
13.05 – 1 x 0 – Criciúma (SC)
20.05 – 1 x 1 – Criciúma (SC)

Semifinais
27.05 – 3 x 0 – Barcelona (Equador)
03.06 – 0 x 2 – Barcelona (Equador)

Finais
10.06 – 0 x 1 – Newell’s Old Boys (Argentina)
17.06 – 1 x 0 – Newell’s Old Boys (Argentina)
Nos pênaltis: 3 a 2.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino e siga o melhor site sobre o Tricolor no Instagram.

- Publicidade -