Traiu o São Paulo e agora está passando vergonha no novo time

Neste domingo (31), Santos e Palmeiras protagonizaram o primeiro jogo da final do Campeonato Paulista desta temporada. Sob o comando de Fábio Carille, o Alvinegro venceu o rival por 1 a 0, na Vila Belmiro, graças ao gol de Otero. Agora, leva a vantagem para a partida de volta, que será realizada no próximo domingo (7), no Allianz Parque.

Além do jogo em si, um dos assuntos mais comentados nas redes sociais foi em relação ao lateral-esquerdo Caio Paulista, que não saiu do banco de reservas. O jogador “pulou o muro” e foi contratado pelo Palmeiras ainda no final da temporada passada. Por sinal, ele foi um pedido do próprio técnico Abel Ferreira. 

Os próprios palmeirenses foram às redes sociais para criticar a contratação do atleta, que pertencia ao São Paulo. Por sinal, sua manutenção no Morumbis era quase certa, já que o próprio Carlos Belmonte, diretor de futebol do clube, havia confirmado a informação durante evento do título da Copa do Brasil

Caio não vem sendo tão aproveitado no Palmeiras

Contudo, o Fluminense, clube que tinha seus direitos econômicos, optou por receber o valor acordado pela compra (ele estava emprestado) à vista. O São Paulo só conseguiria efetuar o pagamento de forma parcelada, e o Palmeiras acabou atravessando as conversas e garantindo os serviços do atleta.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“A contratação do Caio Paulista foi a mais bizarra, pagamos 4 milhões de euros em um cara que não limpa a chuteira do Vanderlan“, disse um torcedor alviverde nas redes sociais. Por sinal, o atleta criado na base do Palmeiras entrou na segunda etapa.

Mesmo sendo um pedido de Abel Ferreira, Caio Paulista não iniciou bem sua trajetória no Alviverde.  Ele disputou dez partidas nesta temporada, sendo titular em somente três ocasiões. Atualmente, Piquerez é o dono da posição.