Torcida comemorou a demissão de treinador da Seleção Brasileira

Único país a ser pentacampeão mundial de futebol, o Brasil vive uma verdadeira seca de títulos nos últimos anos. Sem levantar um troféu desde a Copa América de 2019, quando bateu o Peru no Maracanã, a Seleção vem acumulando seguidos fracassos dentro da Copa do Mundo, contanto com eliminações precoces para Bélgica e Croácia.

Nenhum deles, no entanto, se comparou ao vexame protagonizado no Mundial de 2014, disputado justamente no Brasil. Então campeão da Copa das Confederações, o país recepcionou o torneio e esperava enfim conquistar o hexacampeonato. O sonho, porém, virou um verdadeiro pesadelo com a maior goleada já sofrida pela Seleção em Copas.

No dia 8 de maio de 2014, o Brasil foi derrotado pela Alemanha, que acabaria campeã mundial dias depois, por impiedosos 7 a 1. Müller, Klose, Toni Kroos (dois), Khedira e Schürlle (dois) marcaram os gols alemães. Já o meia Oscar, cria do São Paulo, descontou para os brasileiros já na reta final do confronto no Estádio do Mineirão. Relembre:

A acachapante eliminação, aliada a mais uma dura derrota por 3 a 0 para a Holanda na disputa do terceiro lugar, fizeram o técnico Luiz Felipe Scolari ser demitido do cargo de técnico da Seleção Brasileira. À época, a decisão da CBF foi bastante celebrada. Curiosamente, Felipão era o treinador na última conquista do Brasil em Copa.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.