Thiago Ribeiro supera a depressão após 8 anos sofridos

Perto de completar 38 anos de idade, Thiago Ribeiro se estabeleceu como um dos grandes atacantes dos últimos anos do futebol brasileiro. Por sinal, marcou época no São Paulo, fazendo parte de um dos momentos mais vitoriosos na história do Tricolor do Morumbi.

Ele tem um currículo de dar inveja em muitos atletas. Foi campeão mundial pelo SPFC em 2005, além de também ter levantado o Brasileirão no ano seguinte. Foi artilheiro da Libertadores de 2010 pelo Cruzeiro e chegou a vestir a camisa do Atlético-MG, maior rival. Também ajudou o Santos após a saída de Neymar.

Apesar de seus feitos no futebol profissional, Thiago Ribeiro tem comemorado outra vitória em sua vida, desta vez no âmbito pessoal. Ele conviveu com depressão por oito anos, até que finalmente conquistou  um triunfo sobre a doença.

Ele está bem fisicamente e mentalmente, o que o levou a voltar ao futebol. Foi anunciado como o grande reforço do Catanduva nesta temporada. Um fato curioso é que o time tem um padre que também cumpre a função de presidente, segundo o Globo Esporte. O atacante jogará a Série A3 do Campeonato Paulista.

“O que me motiva a continuar jogando é o prazer, a paixão e o amor pelo futebol. Continuo com a mesma alegria de quando comecei, fisicamente me sinto bem e com quase 38 anos ainda consigo performar, com força, velocidade e jogar com a intensidade que exigem hoje”, disse Thiago Ribeiro, em entrevista ao ge.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O atacante comentou que seguirá atuando até que seu corpo e mente o permitam, aproveitando do amor que tem pelo esporte até que realmente seja obrigado a pendurar as chuteiras.

“Isso me faz entender que enquanto tiver essa alegria e ânimo, vou continuar jogando. Se chegar com 40, 41 anos ainda bem, vou seguir. O dia que sentir o meu corpo dando sinais de perda de intensidade, lesões… vou deixar o meu corpo dizer até quando eu posso jogar”, admitiu o atleta.

Além do manto do SPFC, Thiago Ribeiro também defendeu o Rio Branco, Bordeaux-FRA,, Al-Rayyan, Cruzeiro, Cagliari, Santos, Atlético-MG, Bahia, Londrina, Guarani, Bragantino, Novorizontino, Chapecoense e Democrata-MG

Venceu o Mundial de Clubes(2005); Campeonato Brasileiro (2006); Campeonato Mineiro (2009, 2011 e 2015); Série B do Brasileirão (2019 e 2020).