Téo José se nega a repetir atitude de Cleber Machado

Na última terça-feira (27), o narrador Téo José deu fim a sua passagem no SBT através de um acordo entre ambas as partes. Quando questionado sobre a possibilidade de ser contratado pela Record TV, o locutor descartou a possibilidade.

Ele disse ter um entrave com a emissora por conta da demissão recente de Oliveira Andrade, profissional que esteve à frente de apenas duas partidas do Campeonato Paulista no final de janeiro. Como substituto, a emissora anunciou Lucas Pereira, que tinha sido mandado embora ainda no ano passado.

“Muita gente está falando: ‘Ah, você podia ir agora pra Record fazer a final do Campeonato Paulista’. Eu já digo: por ética, eu não vou pro lugar do Lucas Pereira. Eu fiquei bem triste com o que fizeram com o Oliveira”, criticou, em entrevista ao Programa Pânico, da Jovem Pan.

A saída do SBT não estava nos planos de Téo José, que acreditava que cumpriria o projeto a longo prazo na emissora. Segundo a mesma, o motivo pela saída do locutor foi por conta da queda de patrocínios.

“Pensava em encerrar minha carreira no SBT, mas não pretendia sair de lá. Estou saindo por um momento em que eles falaram que a TV aberta estava difícil em termos comerciais. Eu acredito nisso. Mas sou a favor da continuidade”, disse.

Téo José pretende largar a televisão e ir para o mundo do streaming

Muitos comentaram que Cléber Machado acabou “roubando” o lugar de Téo na emissora, o que não é verdade segundo o locutor. Ainda mais, ele se recusou a fazer o mesmo caminho do companheiro de profissão, que havia assinado com a Record no ano passado apenas para narrar as finais do Campeonato Paulista.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Vou deixar um pouco a modéstia de lado, mas tudo que eu fiz no streaming deu certo. Tem muita coisa que acontece na televisão que, quando é ruim, a porrada vem imediata. Ninguém fala que no SBT eu era narrador. Eu entrei lá para substituir, e a maior audiência foi quando eu apresentei. Todo sucesso de audiência e comercial foi comigo, então algum valor eu tenho”, disse Téo.

Por fim, o narrador disse que não deve assinar com nenhuma empresa neste momento, mas deve focar no trabalho através da internet, ou seja, em plataformas de streaming.

“Saí de férias e tive uma reunião no SBT em janeiro. Ali eu já vi que a situação não estava tão tranquila. Já me chamaram para trabalho neste fim de semana, mas tem muita coisa acontecendo, quero me aventurar um pouquinho no streaming”, finalizou.