Tente não rir dá desculpa do Corinthians para perder pro São Paulo

Nesta terça-feira (30), o São Paulo foi a Itaquera e venceu o Corinthians por 2 a 1, quebrando o tabu que durava  quase uma década de jamais ter vencido o rival na Neo Química Arena. Os gols foram marcados por Calleri e Luiz Gustavo, enquanto Arthur Sousa descontou.

Após a partida, o lado tricolor foi de euforia e comemoração. Do alvinegro, decepção pela atuação do time e por ter perdido para o rival dentro de sua casa, que conseguiu quebrar a marca negativa.

Na coletiva de imprensa pós-jogo, o técnico Mano Menezes justificou o desempenho por conta da reformulação que o elenco corintiano vem sofrendo desde o final da temporada passada. O time vem tendo dificuldades de contratar reforços no mercado de transferências. 

“A matemática não mente, saíram 12 jogadores e entraram três no grupo. Óbvio que estamos passando por processo que todos esperávamos que tivesse sido acelerado, mas tenho acompanhado o trabalho de todos, Se trabalha 24 horas por dia para tentar resolver essas questões (…) Precisa qualificar o elenco, não tem outra solução”, disse o treinador.

Situação do Corinthians preocupa torcedores

Com o resultado negativo, o Corinthians pode ir para a lanterna do Grupo C do Paulistão, dependendo das partidas do restante dos times da chave. O time venceu apenas na estreia, e acumula três derrotas consecutivas. 

“Certamente não precisaria ter acontecido três derrotas, mas em produção, era previsível. A gente, com a experiencia que tem, sabe o que saiu, e que a gente ainda não trouxe para suportar saídas que tivemos. Volto a dizer, temos trabalhado para resolver isso, estou com a direção todos os dias, procurado exatamente encontrar jogadores à altura dessa exigência que temos. Esse é o caminho que vamos seguir”, prosseguiu Mano.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Por fim, Mano Menezes comentou sobre as expectativas do torcedor corintiano para esta temporada. Segundo o treinador, há um certo imediatismo pelos resultados positivos por parte dos alvinegros. 

 “Estamos no caminho de alguns acréscimos, mas sei como é o futebol, que os resultados todos querem para agora. A gente que tem que ter a cabeça no lugar, sei que o torcedor vê com emoção, as perspectivas foram grandes, pelo menos no 1º momento. A realização está dentro de um processo que envolve a realidade momentânea que o clube atravessa, vamos continuar trabalhando todo dia para logo logo entregar o que o torcedor quer ver”, finalizou.