Suposta vítima de Daniel Alves toma decisão sobre indenização

De acordo com informações obtidas pelo jornal espanhol La Vanguardia, a mulher de 23 anos que supostamente teria sido agredida sexualmente pelo lateral Daniel Alves no fim do ano passado voltou atrás quanto a abrir mão de uma indenização. Em janeiro, quando o brasileiro foi detido, a vítima havia optado pelo contrário.

Ainda sem uma data para o julgamento acontecer, o caso completou dez meses no último dia 20. Desde então, o ex-São Paulo está preso no Centro Penitenciário de Brians II, localizado nos arredores de Barcelona, na Espanha. Nas últimas semanas, a defesa do brasileiro chegou a buscar um acordo com os advogados da vítima.

Segundo a publicação, a mulher alega que não fazia ideia de todas as proporções que o caso teria com o passar dos meses. Em agosto, Ester García, sua advogada, chegou a apresentar uma carta forma na qual informava que sua cliente havia mudado de ideia.

“Ela não tinha conhecimento de todas as consequências do crime nem das circunstâncias supervenientes que impediriam ele, conforme descrito no relatório médico forense, o desenvolvimento de sintomas de ansiedade e depressão, de intensidade geral moderada, e, portanto, uma deterioração significativa em várias áreas”, disse a advogada.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Daniel Alves teve mais um pedido negado na Justiça

Também segundo o La Vanguardia, Daniel Alves sofreu mais uma derrota e teve o pedido de liberdade provisória negado pela justiça em sua quarta tentativa de deixar a prisão. Mais uma vez, o Tribunal de Barcelona levou em consideração a possibilidade de fuga para recusar a solicitação realizada pela defesa do brasileiro.

No despacho, o Juiz de Instrução afirmou ser “necessária a medida cautelar de prisão provisória para evitar o risco de fuga”. Ainda segundo o magistrado espanhol, a proximidade do julgamento “apenas aumenta o risco de fuga acima mencionado”. Ainda sem data marcada, o julgamento ainda poderá ocorrer este ano.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.