SPFC ainda paga Daniel Alves

Completando 11 meses de prisão na última quarta-feira (20), Daniel Alves, de 40 anos, viu seu caso ganhar uma grande novidade nesta semana. A Justiça de Barcelona anunciou que o julgamento do jogador acontecerá entre os dias 5 e 7 de fevereiro de 2024. Ele é acusado de agredir sexualmente uma mulher em dezembro de 2022.

A defesa da vítima pediu à Justiça da Espanha a condenação por 12 anos do brasileiro, ídolo do Barcelona e de decepcionante passagem pelo São Paulo entre 2019 e 2021. É a pena máxima prevista para esse tipo de crime no país europeu. Além disso, os advogados da jovem querem uma indenização de 150 mil euros (cerca de R$ 800 mil).

E de onde Daniel Alves poderá tirar tamanha quantia? Além de ainda contar com uma robusta fortuna apesar de toda a polêmica do caso, o lateral continua recebendo um bom valor do São Paulo. Rescindindo seu contrato com o clube em setembro de 2021, o lateral ainda recebe quase R$ 500 mil por mês graças a um acordo realizado à época.

Devendo cerca de R$ 20 milhões ao jogador entre salários e direitos de imagem, o Tricolor se comprometeu a quitar o valor em 60 parcelas, ou seja, cinco anos. Assim, Daniel Alves constará na folha salarial são-paulina até 2026.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Daniel Alves entrou com processo contra ex-amigo

Dono de passagem polêmica pelo São Paulo entre 2019 e 2021, Daniel Alves teria deixado uma série de bens estimados em R$ 137,2 milhões com um amigo pessoal após sua mudança para o México em 2022, quando foi defender o Pumas. Entre os objetos estão uma Land Rover, quadros famosos, instrumentos musicais e joias.

Quando foi detido pela justiça da Espanha em 20 de janeiro deste ano, o ex-jogador do São Paulo alegou “dificuldades financeiras” com a perda de contratos milionários e pediu então a devolução dos bens, mas o amigo em questão teria se mantido “inerte”, segundo o processo. Desde então, o caso corre na Justiça de São Paulo.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.