Situação de Schumacher vira caso de polícia e acaba com prisão

De acordo com o jornal alemão ” BILD “, a família de Michael Schumacher foi ameaçada por chantageadores. A polícia conseguiu prender dois homens que tentaram cometer o crime contra a família do ex-piloto e heptacampeão mundial da Fórmula 1. A pena prevista pela extorsão é de até cinco anos.

De acordo com o portal citado, os homens foram presos nesta quinta-feira (20). Eles foram levados ao  tribunal de Wuppertal, a pouco mais de 500 km de Berlim. Ambos respondem por chantagem.

Vale lembrar que em dezembro de 2013, o alemão sofreu um acidente que mudou a sua vida para sempre. Durante uma jornada de esqui na Suíça, caiu e teve um traumatismo craniano. A família do ex-piloto é mais reservada e até hoje nunca falou sobre o estado de saúde do mesmo. Ele não fez nenhuma aparição desde então.

Em 2017, a família também foi chateada. Um homem pediu o valor de  900 mil euros para não matar os dois filhos do casal. Acabou recebendo uma pena que foi revertida para trabalhos comunitários.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Outro problema vivido pelos familiares de Schumacher foi em relação a uma entrevista falsa com o ex-piloto. Em maio, receberam uma indenização de 200 mil euros (algo em torno de R$ 1,1 milhão) depois de uma entrevista falsa na revista alemã “Die Aktuelle”. O portal garantiu que foi o primeiro e único a entrevistar o heptacampeão da Fórmula 1.