Seleção Brasileira surpreende e anuncia retorno de técnico lendário

Semana de grande novidade para a Seleção Brasileira de Voleibol. Na noite desta quinta-feira, dia 27, Bernardinho foi confirmado como o mais novo técnico da seleção masculina. Aos 64 anos, ele retorna ao posto por onde fez história entre 2001 a 2016. Ele substituirá Renan Dal Zotto, comandante da equipe nos últimos sete anos.

Bicampeão Olímpico em 2004 e 2016 e tricampeão mundial em 2002, 2006 e 2010, Bernardinho terá a missão de buscar mais uma medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Paris, marcado para o mês de julho do próximo ano. Técnico do Sesc-Flamengo, ele acumulará os dois cargos, além de se manter como coordenador das seleções masculinas.

Bernardinho
Bernardinho celebra a vitória na final das Olimpíadas do Rio — Foto: Reuters

Em entrevista, Bernardinho elogiou seu antecessor e prometeu empenho: “Com a decisão pessoal do Renan, de se afastar momentaneamente do voleibol, eu reassumo esse cargo no intuito de dar continuidade ao belo trabalho feito. Espero contribuir de alguma forma com a minha experiência para que a gente possa buscar a tão almejada medalha”.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Já para Radamés Lattari, atual presidente da Confederação Brasileira de Voleibol, Bernardinho era a “solução ideal”: “Ele tem qualidades indiscutíveis tecnicamente. Tem experiência, fazia parte do processo como coordenador, acompanhou o trabalho do Renan, então nada mais justo do que pensarmos no melhor para o vôlei brasileiro”.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.