Seleção Brasileira fica de fora dos 10 melhores do mundo em 2023

A crise dentro do futebol brasileiro parece não ter fim. Depois da Seleção masculina ser ultrapassada por Inglaterra e Bélgica em novembro e cair para a quinta colocação do ranking da FIFA, foi a vez da feminina sequer aparecer no Top 10 da entidade. Eliminado na fase de grupos da Copa do Mundo, o Brasil é apenas o 11º colocado.

A liderança do ranking feminino da FIFA é da Espanha, atual campeã mundial. Batendo a Inglaterra na grande decisão da Copa disputada na Oceania, as espanholas chegaram aos 2066,05 pontos. No topo da lista ainda aparecem os Estados Unidos, tetracampeão mundial com 2045,12 pontos, e a França, com 2021,69.

O domínio europeu aparece até a sétima colocação com Inglaterra, Suécia, Alemanha e Holanda. A primeira seleção de fora do continente é o Japão, que surpreendeu no último mundial ao chegar até as quartas de final. Coreia do Norte e Canadá completam o Top 10. Já o Brasil é a primeira seleção sul-americana na lista.

Depois da Copa do Mundo, onde acumulou uma vitória, um empate e uma derrota, a Seleção Brasileira disputou cinco amistosos: vitórias sobre Canadá, Japão e Nicarágua e derrotas para Canadá e Japão. O time atualmente é comandado por Arthur Elias, ex-técnico do Corinthians e o escolhido pela CBF para substituir a sueca Pia Sundhage.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Confira o ranking feminino da FIFA

  1. Espanha: 2066,05
  2. Estados Unidos: 2045,12
  3. França: 2021,69
  4. Inglaterra: 2014,19
  5. Suécia: 1998,09
  6. Alemanha: 1987,25
  7. Holanda: 1986,84
  8. Japão: 1978,01
  9. Coreia do Norte: 1950,87
  10. Canadá: 1948,58
  11. Brasil: 1941,08

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.