São Paulo vai ter quase R$ 1 bilhão para gastar em 2024

A temporada do São Paulo está oficialmente encerrada, e os atletas, comissões técnicas e outros funcionários estão curtindo suas férias com amigos e família. Por outro lado, a diretoria do clube segue trabalhando no projeto do ano que vem.

Apesar do início turbulento em 2023, o Tricolor conseguiu dar a volta por cima, a equipe comandada pelo técnico Dorival Júnior levantou a taça da Copa do Brasil pela primeira vez na história do clube. 

Além do título inédito, o SPFC garantiu sua vaga na fase de grupos da Libertadores da América de 2024, além de mais de R$ 80 milhões em premiações aos cofres, fora o ganho em bilheteria, marketing e outras formas de renda. O Tricolor bateu diversos recordes de público no ano, tendo a segunda maior média do Campeonato Brasileiro.

Todavia, o São Paulo não deve parar por aí, e segundo informações divulgadas pelo jornalista Alexandre Zanquetta, o próprio clube projeta 2024 como o ano de maior arrecadação financeira da história do SPFC.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Os números apresentados hoje ao Conselho, estão na casa dos R$ 770 milhões, quase oitocentos milhões em números brutos. Seriam os maiores da história do clube, o dobro do que 2019, último ano sem pandemia da gestão Leco representou”, escreveu o jornalista, através de seu blog.

Situação dos jovens da base; quem pode ser vendido:

Ainda não se sabe em relação a possíveis vendas dos jovens criados e formados nas categorias de base de Cotia. Lucas Beraldo está acertado com o Paris Saint-Germain, da França, e por enquanto, Pablo Maia, outro cobiçado pelo mercado europeu, segue no Morumbi. Com contrato se encerrando no final de 2024, Welington deve ser negociado em breve, enquanto Pedro Vilhena, que renovou recentemente, deve ser emprestado para ganhar experiência.