São Paulo vai perder dinheiro com decisão do Corinthians? Saiba mais

Depois de muita discussão, o Corinthians acertou com o Grupo Forte União pela venda dos direitos das transmissões televisivas. O clube tinha proposta da Libra, que vendeu os mesmos direitos à Globo por R$ 1,3 bilhão para as edições do Campeonato Brasileiro a partir de 2025 e válidos por cinco anos.

De acordo com informações divulgadas por Alexandre Zanquetta, do Blog do São Paulo, a situação mudou a vida do São Paulo, que assinou com a Libra, grupo o qual é composto também por Atlético-MG, Bahia, Flamengo, Grêmio, Palmeiras, Red Bull Bragantino,  Santos e Vitória. Por outro lado, a LFU conta com o Corinthians, Internacional, Cruzeiro, Fluminense, Vasco, Athletico-PR, Atlético-GO, Botafogo, Fortaleza, Cuiabá, Criciúma e Juventude.

De acordo com Zanquetta, existe uma cláusula de garantia que a Globo não pagará um valor maior aos clubes da LFU. A oferta inicial da emissora era de R$ 600 milhões para os 11 integrantes, sem o Corinthians ter entrado no bloco. Com a entrada, o valor aumenta para R$ 730, mas a rede televisiva está impedida de maneira contratual de pagar um montante maior ao bloco rival.

Dito isso, o valor restante para a Libra é de R$ 1,17 bilhão (para oito clubes) segundo Zanetta, que pode diminuir (para R$ 1 bilhão) caso o Santos não retorne à Série A ou algum dos integrantes acabe caindo para a segunda divisão.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“ E no Forte que hoje tem Fluminense, Corinthians, Atlético GO e Vasco que flertam queda? A situação tende a piorar com menos times e menos poder de barganha. E, de novo, para o  São Paulo não há impactos no ganho mínimo”, divulgou Zanquetta.E como o Forte União garante que o Corinthians terá R$ 220 milhões por ano? Não garante. Este valor é caso ele fique até 14a posição e caso os direitos de TV sejam vendidos pelo grupo”, escreveu Zanquetta.