São Paulo trocou mais de técnico do que houveram anos no século 21

0

Ano após ano, a dança das cadeiras entre os técnicos é assunto decorrente no futebol brasileiro. Com a iminente saída de Paulo Sousa do comando do Flamengo e com a imprensa apontando velhos conhecidos da torcida rubro-negra como Dorival Júnior e Cuca como possíveis substitutos do português, a tal dança fica ainda mais clara.

Será a quadragésima nona troca de comando no Flamengo no século, um número assustador. E o São Paulo, apesar de estar bem atrás no quesito, também trocou mais de técnico do que houveram anos no século 21.

Caso opte pela mudança no comando, o Flamengo empataria com o Vasco no topo do ranking da troca de técnicos com 49 para cada. O São Paulo não aparece no top 10 desse ranking, que ainda conta com Fluminense, Botafogo, Atlético-MG, Internacional, Cruzeiro, Santos, Palmeiras e Corinthians. O Tricolor aparece na décima primeira posição, empatado com o Grêmio, com 28 trocas de técnico desde 2001.

No total, foram 22 técnicos que passaram pelo Morumbi no período, somente com Muricy Ramalho tendo trabalhos mais duradouros, entre 2006 até 2009 e depois entre 2013 e 2015. Outros nomes também tiveram duas passagens pelo clube, porém com menos tempo de trabalho: casos de Cuca, Leão, Paulo Autuori, Ricardo Gomes e do atual técnico Rogério Ceni.

Muricy é o técnico de melhor aproveitamento na história do São Paulo

Tricampeão brasileiro pelo São Paulo entre 2006 e 2008, o ex-técnico Muricy Ramalho ostenta outra grande marca no Morumbi: o de ter o melhor aproveitamento no comando técnico do clube ao lado de Vicente Feola.

Os dois treinadores estão empatados no topo da lista com 62,52% de aproveitamento. Muricy comandou o São Paulo em 474 jogos, colecionando 255 vitórias, 144 empates e 95 derrotas.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino e siga o melhor site sobre o Tricolor no Instagram.

- Publicidade -