São Paulo tem prejuízo milionário graças a decisão da Adidas, revela Nicola

Fornecedora de material esportivo desde 2018, a Adidas não vem agradando a diretoria tricolor, tampouco os torcedores são-paulinos. Além de preços exorbitantes, a marca não vem cumprindo alguns combinados com o clube.

Isto porque recentemente, o clube lançou de forma oficial seu terceiro uniforme para a temporada, que foi apresentado ao público no começo do mês, antes da partida contra o Atlético-MG, no Morumbi.

Todavia, a empresa não cumpriu o que prometeu, deixando o São Paulo em uma situação complicada, já que o próprio clube estima que deixou de ganhar R$ 2 milhões com a comercialização das camisas. A informação foi divulgada pelo jornalista Jorge Nicola

“O São Paulo está muito chateado com a Adidas. Estima ter perdido cerca de R$ 2 milhões. Isto porque o Tricolor fez recentemente o lançamento da terceira camisa, que foi um sucesso de vendas. Só que a Adidas só colocou no mercado o primeiro lote de vendas, e o segundo lote não há previsão de chegada. E é com essa demora que o São Paulo estima perder R$ 2 milhões”, iniciou.

O lançamento do novo manto foi um sucesso entre a torcida, que rapidamente esgotaram o primeiro lote. Todavia, a Adidas mostrou falhas no planejamento, e irá atrasar a entrega de uma nova remessa.

“Para vocês entenderem, os logistas venderam praticamente tudo deste primeiro lote.  A loja do estádio do Morumbi, que deveria ter recebido o segundo lote nesta quarta-feira (6), foi avisada de que a tendência é que a segunda remessa chegue apenas no dia 6 de novembro”, disse Nicola.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Outro fator que irritou o São Paulo foi o número de uniformes disponibilizados pela fornecedora esportiva.

“Um detalhe importante: o São Paulo pediu neste primeiro lote cinco mil camisas. Foram entregues somente menos de 3 mil, o que mostra um universo muito pequeno diante da torcida do São Paulo”, revelou o jornalista.

São Paulo deve ter novo patrocinador a partir do ano que vem

Com contrato com a Adidas somente até o final desta temporada, a tendência é que o São Paulo não renove com a empresa alemã. Segundo Jorge Nicola, o clube tem um acordo encaminhado com uma nova fornecedora para 2024.

“Diante desta dificuldade, o Tricolor está muito decidido a ficar com a empresa até 31 de dezembro. Tenho contado para vocês que já há um acordo do Tricolor e New Balance, para ser o novo fornecedor esportivo do Tricolor a partir de janeiro de 2024”, finalizou Nicola.