São Paulo se reúne na quarta-feira (24) para negociar contrato bilionário

Depois de conquistar o título da Copa do Brasil de forma inédita em 2023, o São Paulo iniciou 2024 sob grandes expectativas. Acabou sofrendo um baque após a saída de Dorival Júnior, mas agiu rápido e anunciou a contratação de Thiago Carpini. O treinador de 39 anos de idade fez uma boa estreia o Tricolor venceu o Santo André por 3 a 1, no Morumbis, pela primeira rodada do Campeonato Paulista.

Se dentro de campo o SPFC foi muito bem, a situação fora dele ainda se encontra indefinida. Tudo isso por conta da criação do bloco da Libra, possível nova liga que está saindo do papel. Vale lembrar que rivaliza com a LFF (Liga Forte Futebol), e causa divergências entre diversas lideranças.

Uma delas é entre Flávio Zveiter, vice-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), e Reinaldo Carneiro Barros, atual presidente da Federação Paulista de Futebol. Zveiter é defensor da indeniza entre os blocos, enquanto Reinaldo acredita que o melhor caminho a se seguir é uma união entre a Libra e a LFF. A informação foi divulgada pelo jornalista Alexandre Zanquetta.

Por outro lado, o São Paulo, Palmeiras e Corinthians apoiam Reinaldo, mas não irão abrir mão do acordo com a Libra. Desta forma, ocorrerá uma reunião nesta quarta-feira (24) para tentar alinhar os interesses, segundo Zanquetta.

“Se o acordo com a Globo ficou por uma assinatura de ocorrer por R$ 1,3 Bilhão aos clubes da Série A que compõe o bloco da Libra, a guerra na CBF e o retorno de Ednaldo rachou lideranças como Zveiter e Reinaldo Carneiro Bastos”, iniciou o jornalista.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Entrave entre federações

A Globo, principal emissora do Brasil, deve enviar uma proposta formal aos dois blocos de uma vez. Contudo, ainda teria que esperar o “sim” do mandatário da FPF, que por outro lado, tem conflito de interesses com a CBF.

“A Globo pode oferecer proposta aos dois blocos uniformemente, proposta de Reinaldo mas a Libra teria que esperar aprovação do Forte pelo modelo e aprovarem juntos, ou seja, pode ser ainda mais lento e demorado. Se antes havia sempre um ano à frente, agora restam 11 meses e 1 semana. Teremos liga em 2025?”, finalizou, em texto divulgado no Blog do São Paulo.