São Paulo se isola ao lado do Flamengo com feito histórico do Brasileirão

A 68ª edição do Campeonato Brasileiro da Série A chegou ao fim na última quarta-feira (06) com o Palmeiras renovando seu título com um empate por 1 a 1 com o Cruzeiro. Mas o assunto que roubou a cena aconteceu na parte de baixo da tabela: o histórico e surpreendente rebaixamento do Santos, histórico rival do São Paulo.

Chegando para a última rodada na 15ª posição, o Peixe foi superado pelo Fortaleza em plena Vila Belmiro e contou com vitórias de Bahia e Vasco da Gama para conhecer o primeiro rebaixamento de sua história. Agora, em 2024, o Peixe disputará a Série B juntamente com Goiás, Coritiba e América-MG, já rebaixados anteriormente.

Com a queda santista, apenas dois clubes do país podem se orgulhar em continuar dizendo que só disputaram a primeira divisão do Brasileirão até hoje: São Paulo e Flamengo. Além do Peixe, o grupo já havia perdido membros nos últimos anos. Em 2016, o Internacional deixou a lista. Três anos depois foi a vez do Cruzeiro.

Se tratando apenas de quedas da Série A para a Série B, o Cuiabá, que encerrou sua terceira temporada seguida na elite, também não acumula rebaixamentos em sua história. O 12º lugar conquistado este ano foi, inclusive, a melhor campanha do Dourado no Brasileirão.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

São Paulo terá apenas quatro clubes na Série A

Estado mais vitorioso dentro do futebol brasileiro, São Paulo se acostumou a ter muitos representantes na elite do futebol brasileiro. Em 2007, por exemplo, foram incríveis sete clubes paulistas na Série A do Campeonato Brasileiro. Algo que, em 2024, ficará longe de acontecer.

Com o histórico rebaixamento do Santos e sem nenhum clube do estado conseguindo o acesso através da Série B, São Paulo contará com “apenas” quatro participantes: Palmeiras, São Paulo, Corinthians e RB Bragantino. Na segundona serão seis clubes: Botafogo-SP, Guarani, Ituano, Mirassol, Novorizontino e Santos.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.