São Paulo recebe péssima notícia sobre a chegada de Alex Sandro

Não é de hoje que o São Paulo monitora a situação do lateral-esquerdo Alex Sandro. O Tricolor enxerga sua contratação como uma ótima oportunidade de negócio, já que Welington, que é titular absoluto da equipe comandada pelo técnico Luis Zubeldía, ainda não renovou seu contrato e pode deixar o clube a custo zero.

Alex Sandro se despediu recentemente da Juventus, time que defendeu nos últimos nove anos. Ele possui contrato até junho e foi avisado pela diretoria italiana de que o vínculo não será renovado. Deixou a equipe com 327 partidas disputadas (estrangeiro com mais participações junto a Pavel Nedved), 16 gols marcados e 31 assistências distribuídas. 

Diante disso, pode ser contratado por qualquer clube de graça. O SPFC é um dos interessados. Entretanto, o jornalista Jorge Nicola divulgou um vídeo nesta segunda-feira (27), dando mais detalhes sobre a situação do brasileiro. A notícia não é boa, já que ele foi procurado por alguns clubes europeus nos últimos dias. Ele sempre frisou que sua intenção é continuar no Velho Continente ao invés de uma volta ao Brasil.

“Novidade não é boa. Times da Europa procuraram os representantes de Alex Sandro nos últimos dias e demonstraram a intenção de contratá-lo. Porque a notícia é tão ruim? Porque desde o início das conversas com o São Paulo, Alex Sandro sempre disse que a prioridade era continuar na Europa”, disse Nicola.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Família de Alex Sandro quer um retorno ao Brasil

O lateral também recebeu contatos da Arábia Saudita, mas segundo Nicola, não é uma prioridade atual para o atleta de 33 anos. Por outro lado, a família do defensor estaria pedindo para que ele jogue no São Paulo, que, de acordo com o jornalista, é o time de coração de seus parentes. 

“A ideia da Arábia Saudita, apesar de muito dinheiro, não era seu principal projeto. Também já contei para vocês que o pai e  irmão do Alex Sandro fazem muita pressão para que ele retorne ao Brasil e jogue no São Paulo, time de coração da família”, finalizou o jornalista.