São Paulo recebe oferta de R$ 5 bilhões e Globo pode ir a falência

Um dos sete clubes fundadores da Libra (Liga do Futebol Brasileiro), o São Paulo deu um importante passo visando a formação de uma liga no país a partir de 2024. O clube assinou o termo em que cede os direitos de transmissão de TV ao fundo Mubadala, que apresentou uma proposta de R$ 4,8 bilhões por 20% dos direitos do Brasileirão.

Além do Tricolor, mais nove clubes da Série A e outros sete da Série B tem acordo com o fundo árabe. São eles: Flamengo, Corinthians, Palmeiras, Atlético-MG, Grêmio, Santos, Bahia, RB Bragantino, Vitória, Ponte Preta, Guarani, Ituano, Mirassol, Novorizontino e Sampaio Corrêa.

No acordo entre Libra e Mubadala, o São Paulo será o terceiro clube mais bem pago. Somente Flamengo, com R$ 158 milhões, e Corinthians, com R$ 148 milhões, tem previsão de ganhos maiores. O Tricolor, assim como o Palmeiras, irá receber R$ 128,5 milhões. Grêmio e Santos completam as maiores fatias com R$ 99,5 milhões cada.

Cotado para presidir a Liga no futuro, Júlio Casares, mandatário do São Paulo, sabe que tal valor ajudará, e muito, nas finanças combalidas do clube. Por isso, o entendimento com a LFF (Liga Forte Futebol) e Grupo União, formado por Cruzeiro, Vasco da Gama e Botafogo, se mostra cada vez mais essencial.

Confira os clubes presentes em cada bloco

A Liga do Futebol Brasileiro (Libra) foi fundada em maio de 2022 por sete clubes: RB Bragantino, Cruzeiro, Corinthians, Flamengo, Palmeiras, Santos e São Paulo. O bloco aumentou desde então e, atualmente, conta com 16 equipes.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Clubes da Libra (16): Atlético-MG, Bahia, Corinthians, Flamengo, Grêmio, Guarani, Ituano, Mirassol, Novorizontino, Palmeiras, Ponte Preta, Red Bull Bragantino, Sampaio Corrêa, Santos, São Paulo e Vitória.

Já a Liga Forte Futebol do Brasil (LFF) surgiu pela divergência de alguns clubes com propostas da Libra e é formada por 25 equipes. Deles, dois estão na atual edição da Copa Libertadores: Internacional e Fluminense.

Clubes da LFF (26): ABC, Athletico-PR, Atlético-MG, América-MG, Atlético-GO, Avaí, Brusque, Chapecoense, Coritiba, Ceará, Criciúma, CRB, CSA, Cuiabá, Figueirense, Fluminense, Fortaleza, Goiás, Internacional, Juventude, Londrina, Náutico, Operário, Sport, Tombense e Vila Nova.

Há ainda o Grupo União, formado por clubes dissidentes da Libra e que negociam, de forma independente, os seus direitos de transmissão. Atualmente, o grupo conta com Cruzeiro, Botafogo e Vasco.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.