São Paulo recebe a melhor notícia possível para a final da Copa do Brasil

Palco do duelo de ida da grande final da Copa do Brasil entre Flamengo e São Paulo, o Estádio do Maracanã completa 16 dias de interdição nesta terça-feira, 12 de setembro. A última vez que a bola rolou no tradicional palco carioca foi no empate por 0 a 0 do Rubro-Negro com o Internacional pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Apresentando grande desgaste, o gramado do estádio tornou-se preocupação para Flamengo e Fluminense, dupla responsável por administrar o Maracanã. Com ambos presentes nas fases mais agudas de Copa do Brasil e Libertadores, respectivamente, a saída foi fechar o local para a tentativa de recuperar a grama para as decisões.

Gramado Maracana
Gramado do Maracanã em recuperação — Foto: Reprodução

Enquanto o Rubro-Negro enfrentará o São Paulo no próximo dia 17, o Tricolor das Laranjeiras receberá o Internacional pela partida de ida das semifinais da Libertadores no dia 27. E, ao que tudo indica, a decisão de interditar o gramado tem se mostrado produtiva, com a resposta fisiológica correspondendo as expectativas.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Empresa responsável por cuidar do “tapete” do Maracanã, a “Greenleaf” se mostrou satisfeita com o progresso realizado nas últimas duas semanas. A etapa final do processo inclui duas adubações e alguns trabalhos pontuais com reforço das áreas e das linhas para tudo ficar pronto para o duelo entre Flamengo e São Paulo.

Governo do Rio doará ingressos para final

A decisão da Copa do Brasil, que se iniciou com uma enorme polêmica envolvendo os preços exorbitantes praticados por Flamengo e São Paulo, agora tem uma excelente notícia de solidariedade. A Suderj (Superintendência de Desportos do Estado do Rio de Janeiro) anunciou que dará ingressos para a partida de ida realizada no Maracanã.

Para ser agraciado com entradas para o primeiro jogo da decisão, marcado para o próximo domingo (17), o torcedor terá de ser um dos 100 primeiros a doarem ao Hemorio (Instituto Estadual de Hematologia Arthur de Siqueira Cavalcanti) no dia da partida. A iniciativa foi proposta por Renato de Paula, presidente da Suderj.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.