São Paulo quebra recorde infeliz

Nesta quarta-feira (19), o São Paulo foi derrotado por 1 a 0 para o Cuiabá, pela décima partida do Campeonato Brasileiro. Além da quebra da sequência invicta sob o comando do técnico Luis Zubeldía, o Tricolor quebrou outra marca negativa no duelo.

Com 33.586 mil torcedores presentes,  o Morumbis recebeu o pior público de toda a temporada. Vale destacar que a diretoria optou por aumentar o preço dos ingressos, atitude muito questionada por jornalistas e torcedores. 

“O que começa errado costuma terminar errado. Precificação errada, pior público do ano(33.5). Há quem ache que a “energia” do estádio não dita o ritmo de um jogo. Quem estava no Morumbis essa noite, sabe que faz bastante diferença. Logicamente não foi o único motivo da derrota – com péssimo futebol – do SPFC. 10 mil pessoas a mais fariam diferença? Talvez sim”, escreveu André Plihal em sua conta no X (antigo Twitter).

Anteriormente, a partida com menor público no estádio havia sido diante do Fortaleza, válida pela estreia no Brasileirão. O São Paulo, que ainda era comandado por Thiago Carpini, perdeu por 2 a 0 diante de 35.055 torcedores. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

SPFC lucra valor altíssimo com bilheteria

Mesmo com o menor público do ano, o São Paulo chegou a marca de 700 mil são-paulinos no Morumbis neste ano. Como esperado, uma das maiores rendas do clube até agora foi graças a bilheteria das partidas, que arrecadou o total de R$ 44.857.566,00 em 16 partidas em casa.