São Paulo quebra a banca e recebe R$ 40 milhões da Conmebol

Na última quarta-feira (8), o São Paulo foi à cidade de Calama, no Chile, e venceu o Cobresal por 3 a 1. Graças aos gols de Luciano, Nestor e Calleri, o Tricolor garantiu sua vaga nas oitavas de final da Libertadores de maneira antecipada, mesmo com duas rodadas a serem disputadas. 

Além da vaga no mata-mata da competição, o clube retornou ao Brasil com quase R$ 42 milhões garantidos em sua conta bancária em premiações da Conmebol. Isso porque a entidade pagará US$ 1,25 milhão (R$ 6,34 milhões) pelo acesso as oitavas.

O Tricolor já contava com US$ 6 milhões (R$ 30,54 milhões) garantidos pela participação na fase de grupos e pelas vitórias (três) até o momento no torneio. Vale lembrar que a Conmebol paga US$ 330 mil (R$ 1,67 milhão) a cada triunfo na fase de grupos. Ou seja, o SPFC já embolsou  US$ 8,24 milhões (R$ 41,91 milhões) no torneio. 

SPFC ainda não atingiu meta traçada

Embora tenha embolsado uma boa quantia na Libertadores, o São Paulo ainda passa longe de uma estabilidade financeira. Isso porque mesmo com o título da Copa do Brasil, o Tricolor teve um prejuízo de R$ 62,2 milhões em 2023. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Visando chegar no que está previsto no planejamento da diretoria, o São Paulo precisaria alcançar as quartas de final da Libertadores desta temporada. Com a classificação, o clube embolsará mais de R$ 50 milhões, já que a Conmebol premia os clubes com US$ 1,7 milhão (R$ 8,65 milhões).