São Paulo quebra a banca e fatura R$ 447 milhões


Como não é surpresa para ninguém, o São Paulo é um dos clubes que mais revela craques ao futebol europeu. Casemiro, Militão, Lucas Moura e Kaká são alguns dos exemplos mais famosos.

Com tantas vendas ao futebol da europa e também de outras partes do mundo, o Tricolor embolsou 84 milhões de euros (cerca de R$ 447 milhões) com saldo entre compra e venda de transferências nos últimos cinco anos, e ocupa o terceiro lugar entre os clubes brasileiros. Os dados foram divulgados pelo centro de pesquisa CIES Football Observatory. 

O líder do ranking é o Palmeiras, com um saldo de 143 milhões de euros (R$ 764 milhões), seguido pelo Athletico-PR, com 122 milhões de euros. Vale lembrar que o saldo de ambos está alto, muito por conta das negociações recentes de Endrick, vendido ao Real Madrid, e Vitor Roque, ao Barcelona. 

Apesar do sucesso do Palmeiras nos últimos cinco anos, o clube é o sétimo no ranking caso formos considerar um período de 10 anos. Por outro lado, o SPFC é o vice-líder, tendo um saldo de 173 milhões de euros, enquanto o primeiro lugar pertence ao Athletico, com 177 milhões de euros. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Em relação aos clubes europeus, Chelsea, Manchester City, Manchester United, Barcelona, Real Madrid e Paris Saint-Germain são os que mais gastam em todo o mundo. Contudo, possuem saldos negativos de compra e venda.

Saldos de transferências dos clubes brasileiros

  1. Palmeiras: 143 milhões de euros
  2. Athletico: 122 milhões de euros
  3. São Paulo: 84 milhões de euros
  4. Fluminense: 83 milhões de euros
  5. Corinthians: 73 milhões de euros
  6. Santos: 71 milhões de euros
  7. Internacional: 70 milhões de euros
  8. Grêmio: 69 milhões de euros
  9. Flamengo: 44 milhões de euros
  10. Vasco: 36 milhões de euros
  11. Atlético-MG: 23 milhões de euros
  12. Bragantino: – 28 milhões de euros