São Paulo projeta pacotão de reforços para venda de Pablo Maia

Pablo Maia se tornou um dos jogadores mais importantes do São Paulo. O volante de apenas 21 anos de idade subiu ao profissional no ano passado, mas já demonstra a confiança de um veterano. Destaque do time, ele está na mira de diversos clubes europeus nesta janela de transferências de janeiro.

O jovem se destaca por sua versatilidade, já que pode ajudar tanto defensivamente quanto no âmbito ofensivo. Não é à toa que ele marcou cinco gols no ano, número alto para um primeiro volante. Na temporada passada foram duas bolas na rede.

Ele se tornou não só um xodó da torcida, mas um dos principais homens de confiança de Dorival Júnior. Após a derrota por 5 a 0 para o Palmeiras, no Allianz Parque, o treinador ressaltou a sua importância para o time. Ele estava suspenso na ocasião.

A expectativa é tão alta em torno do volante, que ele deu uma entrevista ao jornal espanhol “AS”, na qual ele comentou sobre seus planos  futuros e a possibilidade de jogar no futebol europeu.

“A Europa acontecerá em algum momento. Gosto muito da forma como se joga na Liga espanhola, dos clubes e dos seus grandes jogadores. Também adoro a Premier League. A Bundesliga é um campeonato muito forte, com volante que admiro muito”, comentou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Tricolor deve tentar lucrar o máximo possível

Por se tratar de uma jóia rara das categorias de base de Cotia, o São Paulo “blindou” o volante, renovando seu contrato até o final de 2027 e colocando uma multa rescisória de quase R$ 300 milhões.

Antes da conquista da Copa do Brasil, o Tricolor pedia cerca de R$ 80 milhões para vendê-lo. Agora, a tendência é que a diretoria tente mantê-lo o máximo de tempo possível no Morumbi, e só aceita uma oferta “irrecusável”, segundo o Globoesporte.