São Paulo pode receber boa notícia antes do confronto com Nacional

Líder do Grupo B da Copa Libertadores da América, com 13 pontos conquistados nos confrontos com Talleres, Cobresal e Barcelona de Guayaquil, o São Paulo conheceu, na tarde desta segunda-feira (03), o seu próximo adversário no caminho para o tetracampeonato continental em sorteio realizado na sede da Conmebol.

Podendo enfrentar equipes como Flamengo e Botafogo, o Tricolor foi sorteado logo no segundo confronto e medirá forças com o Nacional, tradicional equipe do Uruguai. Os duelos, marcados para os dias 11, em Montevidéu, e 18 de agosto, em São Paulo, definirá quem enfrentará Palmeiras ou Botafogo nas quartas de final.

Além de contar com um histórico bastante positivo sobre o rival, com três vitórias, um empate e nenhuma derrota, o São Paulo ainda vê o Nacional chegar para o confronto em um momento de questionamentos contra seu técnico, o ex-meia Álvaro Recoba, um dos grandes ídolos recentes do próprio Nacional e do futebol uruguaio.

As críticas, que já eram recorrentes desde o vice-campeonato nacional para o arquirrival Peñarol, aumentaram consideravelmente com a derrota para o Libertad, no Paraguai, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores. O Nacional acabou na segunda colocação do Grupo H, que foi liderado pelo River Plate, da Argentina.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Apesar de ter entrado em campo já garantido nas oitavas de final, o clube uruguaio tinha um objetivo importante em Assunção: a vitória colocaria o clube à frente do Olímpia no ranking da Conmebol, um caminho que a equipe ainda vislumbra para disputar o Super Mundial de Clubes, marcado para o próximo ano nos Estados Unidos.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.