São Paulo pode PERDER Wellington Rato e notícia cai como uma bomba entre os torcedores

Uma notícia que nenhum torcedor do São Paulo esperava aconteceu neste sábado de carnaval. O tricolor paulista pode perder um nome que vem se destacando e ganhando cada vez mais notoriedade entre os titulares do time de Thiago Carpini.

Durante o jogo contra a Ponte Preta neste sábado, pela sétima rodada do Campeonato Paulista, no Moisés Lucarelli, Wellington Rato queixou-se de dores na coxa esquerda. Com isso, o tricolor paulista pode perder o jogador para os próximos compromissos da equipe.

O atacante foi forçado a deixar o campo aos 25 minutos do primeiro tempo e imediatamente iniciou um tratamento com compressas de gelo enquanto estava no banco de reservas. O técnico Thiago Carpini optou por Erick como substituto do jogador.

Rato deverá ser submetido a exames nos próximos dias para avaliar a extensão de qualquer possível lesão na área. Este foi o sexto jogo do atacante nesta temporada, sendo o quinto como titular

O São Paulo retorna ao campo na quarta-feira, quando tem um clássico pela frente encarando o Santos, pela oitava rodada do Paulistão. A partida terá início às 19h30 (horário de Brasília) no gramado do Morumbis.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Diego Souza se aposenta do futebol

Diego Souza anunciou sua decisão de encerrar sua carreira, marcando o fim de um percurso de duas décadas, durante as quais passou por diversos clubes do futebol brasileiro. Ele é o recordista entre os que vestiram a camisa dos clubes mais tradicionais do Brasil.

O agora ex-jogador teve uma breve passagem pelo São Paulo, que durou pouco mais de 14 meses e foi marcada por momentos de altos e baixos. Adquirido do Sport no início de 2018 por R$ 10 milhões, o atacante enfrentou críticas da torcida e deixou o Tricolor sem deixar uma marca significativa.

Diego, formado nas categorias de base do Fluminense, teve passagens por uma diversidade de clubes, incluindo Benfica, Flamengo, Grêmio, Palmeiras, Atlético-MG, Vasco, Al Ittihad, Cruzeiro, Metalist, Sport e Botafogo. Desde sua estreia aos 18 anos, vestindo a camisa tricolor, até sua despedida, acumulou 943 jogos e 275 gols. Essa trajetória também o levou a representar a Seleção Brasileira em sete partidas, nas quais marcou dois gols.