São Paulo pode mandar jogador embora após pedido absurdo

Em meio ao Campeonato Paulista, o São Paulo espera resolver algumas situações fora de campo para ter uma temporada mais tranquila. A diretoria vem se preocupando com a renovação de contrato do lateral-esquerdo Welington.

Isso porque o jogador tem vínculo com o clube paulista até o final deste ano, e até agora uma renovação parece estar longe. Isso porque o clube tem um limite orçamentário para ofertas, enquanto o lateral e seu staff seguem com uma pedida considerada alta pelo clube.

Desta forma, ele estará livre para assinar com qualquer clube interessado em seus serviços a partir de julho. Ou seja, caso de fato não haja um acordo com o SPFC, ele deixará o Morumbis a custo zero.

Diante da dificuldade de renovação e do medo de perdê-lo de graça, o Tricolor considera vendê-lo na metade do ano, data de abertura da janela de transferências da Europa. A informação foi divulgada pelo jornalista Alexandre Zanquetta, do Blog do São Paulo.

“Sem acordo com Welington e seu staff que seguem irredutíveis, já há um pensamento de negociar o lateral e ele ser vendido no meio do ano para o clube obter algum valor sobre ele na próxima janela”, escreveu Zanquetta.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

SPFC ainda não desistiu de Welington

Apesar disso, o São Paulo ainda não teria desistido de renovar com Welington, que é criado e formado nas categorias de base de Cotia. Contudo, ele teria que diminuir os valores que está pedindo nesse momento.

“Ouvimos que não jogaram a toalha mas a distância é fora da realidade do que o clube entende que seja uma grande valorização para o que ele quer receber”, publicou o jornalista, em relação ao processo de renovação.

O jogador vem sendo o titular absoluto do time, uma vez qie Caio Paulista acabou indo para o Palmeiras. Além dele, Patryck é o outro nome para a posição. Moreira pode jogar improvisado, mas sua posição de origem é a lateral-direita.