São Paulo pode liberar James Rodríguez para o Boca Juniors

Depois de desembarcar no Morumbi em agosto, James Rodríguez ainda não rendeu o esperado pelos torcedores. Com passagens de sucesso por Real Madrid e Bayern de Munique, o camisa 10 da seleção colombiana está nos planos do clube para 2024, quando o Tricolor disputará a Libertadores da América.

Em 14 partidas disputadas pelo Tricolor, James marcou um gol e concedeu três assistências. A maioria delas se apresentou junto a equipe alternativa do SPFC, que visava os torneios mata-mata.

De acordo com informações divulgadas pelo jornalista Jorge Nicola, há uma questão envolvendo o futuro de James no Morumbi. Isso porque ele quer ficar caso receba a garantia do técnico Dorival Júnior que será titular. Por outro lado, o comandante não quer bater o martelo pois sua escalação depende do rendimento nos treinos.

Ainda segundo Nicola, o São Paulo analisa de perto a situação, e embora a diretoria (Julio Casares, Rui Costa e Carlos Belmonte) fale abertamente que ele continuará no São Paulo em 2024, o clube não descarta uma rescisão amigável de contrato. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Riquelme quer levar James para a Argentina, diz Jorge Nicola

Quem está de olho na situação do colombiano é o Boca Juniors, de acordo com o jornalista. O clube argentino agora é presidido pelo ex-jogador Juan Riquelme, que pretende realizar esforços para contratar James.

Contudo, a situação não será fácil, já que o Boca não disputou a Libertadores em 2024. Alem disso, James ganhará cerca de R$ 1,5 milhão por mês a partir de janeiro, ou seja, seus vencimentos aumentarão em relação a este ano.

De férias, James deve resolver seu futuro após o início das competições da temporada. O Tricolor disputará o Campeonato Paulista, Supercopa, Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores em 2024. Caso fique, o colombiano deve ser peça importante no time.