São Paulo perde peça importante para o restante do Paulistão

Neste domingo (25), o técnico Thiago Carpini confirmou uma baixa importante no São Paulo. Isso porque o volante Luiz Gustavo sofreu uma lesão no tendão Aquiles da perna direita, e depois dos exames realizados pelo departamento médico do clube, foi constatado que ele ficará fora por seis semanas.

Ou seja, como a final do Campeonato Paulista está marcada para o dia 7 de abril, o veterano de 36 anos não irá mais atuar no Estadual. O jogador vinha sendo importante nos últimos jogos, acumulando dois gols até o momento. Por sinal, um deles foi diante do Corinthians (vitória por 2 a 1), no jogo que marcou o fim do tabu na Neo Química Arena.

Agora, Carpini conta apenas como Pablo Maia como primeiro volante de origem, além de Luan, que sequer está inscrito no Paulistão. O clube quer negociá-lo o mais rápido possível, mas o atleta quer lugar por seu espaço, mesmo estando fora dos planos da comissão técnica.

SPFC irá inscrever James no lugar de Luiz Gustavo

Por conta da ausência de Luiz Gustavo, o colbinao James Rodríguez ganhará uma nova chance com a camisa tricolor. O próprio Carpini confirmou que o meia será inscrito em breve no torneio.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Apesar do prazo de inscrições estar fechado, o regulamento da Federação Paulista de Futebol (FPF) diz que um clube pode substituir um atleta lesionado que não poderá mais atuar no Estadual. Logo, James ocupará a vaga de Luiz Gustavo, e poderá entrar em campo nesta quarta-feira (28), diante da Inter de Limeira, às 18h, no Mané Garrincha, em Brasília.

“Amanhã [segunda-feira] devemos tomar as providências para fazer a troca do atleta. Espero que [o James] seja reforço para o São Paulo. Temos processos aqui dentro e ele será mais um para nos ajudar. Existe uma hierarquia, acima de tudo a instituição, o ambiente, e ele entendeu isso, nunca criou problema, sempre cumpriu suas obrigações. Esperamos que nos ajude em algum momento da competição”, confirmou Carpini.