São Paulo não tá pra brincadeira em negócio e agora exige R$ 135 milhões

A semana começou com uma excelente novidade para o torcedor do São Paulo. Segundo informações do jornalista Marcelo Braga, do ge.globo, o clube negocia a venda de naming rights do Morumbi junto a Mondelēz, fabricante de chocolates. Para isso, a empresa norte-americana toparia pagar entre R$ 25 milhões a R$ 30 milhões por ano.

No entanto, de acordo com o portal Goal, a diretoria são-paulina ainda busca aumentar o valor proposto antes de selar o acordo. O desejo do presidente Julio Casares, reeleito para mais um mandato entre 2024 e 2026, é que a proposta chegue na casa dos R$ 135 milhões, significando R$ 45 milhões anuais até o fim do contrato.

Entusiasta da novidade, Casares já falou inúmeras vezes sobre as chances de venda do naming rights do Morumbi em um modelo similar aos de Palmeiras e Corinthians com Allianz e Hypera Pharma em suas respectivas arenas. O São Paulo, porém, ganhará um valor ainda maior que os rivais caso o acordo saia do papel.

Procurado pela reportagem do ge, o São Paulo não quis se manifestar sobre a possibilidade. A ideia da Mondelēz é que o Morumbi se torne “MorumBis”, um dos produtos fabricados pela multinacional, já no Campeonato Paulista de 2024.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Morumbi fez São Paulo arrecadar milhões em 2023

Segundo dados levantados pejos jornalistas Guilherme Maniaudet e Leandro Silva, ambos do portal ge.globo, o Flamengo dominou o balanço de público e renda do futebol brasileiro pelo segundo ano consecutivo. Mesmo sem levantar taças, o Rubro-Negro colocou quase 2 milhões de pagantes em seus 37 jogos como mandante.

Mesmo distante dos números flamenguistas, a torcida do São Paulo ficou longe de fazer feio em mais um ano de recordes quebrados nas arquibancadas do Morumbi. Em 36 jogos em casa, o Tricolor alcançou uma incrível arrecadação de R$ 111.868.609, uma média de R$ 3.107.461,36 em renda por partida.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.