São Paulo não quis saber e aplicou a maior goleada da história sobre o Santos

SAO PAULO, BRAZIL - SEPTEMBER 14: Cheers of Sao Paulo in action during the match between Sao Paulo and Cruzeiro for the Brazilian Series A 2014 at Morumbi stadium on September 14, 2014 in Sao Paulo, Brazil. (Photo by Alexandre Schneider/Getty Images)

São Paulo e Santos carregam uma rivalidade histórica, e são dois dos maiores clubes do país. Contudo, ainda em 1944, o Tricolor aplicou uma goleada que entrou para a história: nada mais nada menos do que 9 a 1, no Pacaembu, em duelo válido pelo Campeonato Paulista.Antes da partida principal, os aspirantes do SPFC venceram por 14 a 0. Ou seja, no mesmo dia, o Tricolor marcou 23 gols.

Naquela edição do torneio, o São Paulo havia goleado outras equipes: 8 a 2 no SPR; 6 a 2 no Jabaquara; 7 a 4 na Portuguesa Santista. O time vinha de um revés de 1 a 0 para o Juventus e um empate em 3 a 3 diante do Palmeiras.  A fase não era boa, mas os tricolores entraram com tudo diante do time da Vila Belmiro.

Na partida entre os aspirantes, o São Paulo venceu por 14 a 0, com gols marcados por Yeso (6), Teixeirinha (2), Américo (2), Ministro (2)e Leopoldo (2). Por sinal, o arqueiro santista foi muito criticado na época e acabou saindo do Santos no final da temporada.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O que ele não esperava é que sofreria mais uma goleada para o São Paulo, lá em 1945. Em partida contra o Jabaquara, o SPFC venceu por 12 a 1. Atuando contra o São Paulo, Joãozinho sofreu 52 gols. Defendeu o Comercial da Capital, SPR, Santos e Jabaquara.