São Paulo não quer saber e se pronuncia após novo ataque de Textor

A enorme polêmica envolvendo o empresário John Textor, dono da SAF do Botafogo, e o São Paulo ganhou mais um capítulo nesta semana. Em um comunicado oficial publicado em suas redes sociais, o Tricolor voltou a repudir as ações de Textor, que segue acusando o clube paulista de manipulação no último Brasileirão.

Na visão do norte-americano, atletas do São Paulo influenciaram diretamente o resultado do clássico contra o Palmeiras, já pelo segundo turno da competição. Na ocasião, o Alviverde bateu o time então comandado por Dorival Jr. por 5 a 0 e se aproximou do Botafogo, então líder disparado do torneio e candidato ao título.

No fim da corrida pela taça, o Palmeiras levou a melhor e, desde então, John Textor tem apresentado falas que as últimas edições do Brasileirão foram manipuladas à favor do rival. Há dois meses, o empresário chegou a ser convocado pelo Senado Federal para falar na na CPI da Manipulação de Jogos e Apostas Esportivas.

Novamente citado por Textor, o São Paulo optou por, mais uma vez, se defender das acusações: “O Clube não tolera que afirmações sem provas mais uma vez coloquem em dúvida a lisura e o profissionalismo de seus jogadores e irá seguir trabalhando para que irresponsáveis autores dessas acusações respondam em todas as esferas”.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O Tricolor ainda aproveitou para cutucar o empresário e também o clube carioca: “Por fim, o São Paulo FC espera que o Botafogo, um clube protagonista na história do esporte, resolva suas diferenças e cure feridas esportivas dentro de campo”.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.