São Paulo não perde tempo e fica próximo de vender jogador de Copa do Mundo

Antes mesmo da saída de Dorival Júnior rumo a Seleção Brasileira, o São Paulo havia definido algumas mudanças em seu elenco. Dentre elas, estão as saídas dos volantes Talles Costa, Gabriel Neves e Jhegson Méndez. Em situação diferente, Luan voltou às atividades e ganhou uma nova chance sob o comando de Thiago Carpini.

A decisão sobre a “lista de dispensa” foi tomada ainda no final de 2023, em reunião entre a diretoria e Dorival.  Apesar da troca de técnico, o SPFC não mudou sua posição em relação a maioria dos jogadores em questão. Apenas Luan será testado pelo novo treinador. 

“Todos os atletas que se apresentaram foram num consenso da diretoria, do planejamento, até ter essa troca de comando. E eu penso que não só o Luan, entra aquilo que falamos de gestão e do lado humano. Todos que estiverem aqui no São Paulo, seja o Patryck da base, do mais jovem ao Rafinha, temos o mesmo tratamento e o mesmo respeito, os mesmos direitos e deveres”, disse Carpini, na coletiva de apresentação.

Gabriel Neves está muito perto de ser anunciado pelo Independiente, da Argentina. Ele foi um pedido do técnico Carlos Tévez e assinará um empréstimo de um ano com opção de compra no valor de 3 milhões de dólares (cerca de R$ 15 milhões).

Talles Costa é cria das categorias de base de Cotia, mas não conseguiu se firmar desde que subiu ao profissional. Claro que uma grave lesão no joelho acabou prejudicando o andamento. Ele está próximo do futebol ucraniano. 

Por fim, Jhegson Méndez é outro que está muito próximo de ser negociado com um clube do exterior. A informação foi divulgada pelo jornalista Eder Traskini, do UOL. O volante chegou ao Morumbi em 2023 sob o status de titular do Equador na última Copa do Mundo. Apesar de ter sido peça importante no esquema de Rogério Ceni, perdeu espaço com Dorival. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Luan recebe chance de ouro e pode ao time titular

Inicialmente fora dos planos, Luan chegou a receber ofertas do Vitória e do Cuiabá, ambos da Série A, mas elas não empolgaram.  A comissão técnica irá reavaliar o volante criado na base para dar um veredito sobre seu futuro.

“A gente cobra da mesma maneira, oportuniza da mesma maneira. E o Luan é um cara que está integrado, vai brigar pelo espaço dele. Vamos, como o São Paulo sempre fez, ter uma linha de trabalho de respeitar, dar conteúdo, a seleção é natural e cada um vai ocupando seu espaço.  Cabe a mim, dar esse espaço. O Luan vai brigar pelo espaço dele, se fizer por merecer no dia a dia volta a jogar. Se não fizer, outro faz, volta para o fim da fila. Eu tenho uma coisa comigo de não desistir das pessoas, mas todo mundo tem um limite”, finalizou Thiago Carpini.